7 de abril de 2011

O plano B pode ser ainda melhor - Londres

Oi gente,

Depois que recebi o banho de água gelada do consulado canadense fiquei sem chão. Precisei de vários dias para me recuperar. Porém nem tudo estava perdido. O plano B entrou em ação, e digo com toda certeza, o plano B pode ser ainda melhor. Deixei o Canadá de lado e agora o foco era outro: Londres-Inglaterra-Europa. Agora o choque era pelo sonho que estava preste a realizar. E aqui irei falar de forma sucinta o que estou vivendo em Londres no meu terceiro dia. 



No aeroporto: Foi muito tenso, a migração pega pesado com você. Eles não querem saber se é seu sonho não.Querem saber se você tem condições de manter-se no país. Fiquei tão nervoso que não consegui falar nada em Inglês. Trouxeram-me uma interprete. Depois de várias perguntas meu passaporte foi carimbado. Ufa!!!Depois eu só chorei. Eu precisava, mas não era tristeza, era emoção. Não acreditava que tinha chegado até ali. Agradeci a Deus por tudo e lembrei da minha história de vida, família, meu amor e amigos. Quando peguei minha mala, lá estava o Táxi, um Jamaicano.
Hostfamily: Depois de uma hora e meia de táxi até a casa da minha host family, fui recebido com um susto. Eles me esperava que eu chegasse no domingo e não no sábado. Mas nos apresentamos, conheci a casa, as regras e meu quarto. Há somente minha host mother, meu host father e um estudante do Oriente. Na hora do jantar meu deu uma saudade de casa. Na mesa só eu e um estudante que nunca vi na vida. Normal, o inicio é sempre difícil. Precisava descansar, foram 10h desconfortáveis de avião. 


My first day at school. Conheci a escola e fiz o teste de nível. Depois de uma grande ajuda do meu colega de casa para chegar até a escola. Pessoas de vários países. Suíça, Portugal, Japão e uma brasileira, por incrível que pareça de Fortaleza. Foi ótimo, me apresentei e meus colegas fizeram o mesmo. A cearense Paula me ajudou muito, me deu todas as dicas. Ela tem uma amiga da Suíça então só podíamos falar em inglês. Nosso foco aqui é melhorá-lo e aprender mais e mais. 

 Aqui temos que fazer valer a pena cada minuto.  Além disso, este momento deve ser divido. A felicidade tem que ser mais do que nunca transmitida para vocês. 
Estou aqui a apenas três dias mais digo: a gente muda todos os valores quando vive uma experiência dessas. Um carro, luxo, roupas da moda são insignificantes. Aqui, você pode ter tudo isso, como no Brasil também. Mais abraços, feijão com arroz, sair com os amigos, é muito mais valioso do que qualquer matéria.

Abraços a todos!
Edglê Lima




Um comentário:

  1. Parabéns pela realização do sonho!!
    Aproveite mais e mais!!!!

    ResponderExcluir