8 de fevereiro de 2011

Ná na África

Agora que passou, dá pra perceber ainda mais. Porque agora meu tempo é só para lembrar, não preciso dividi-lo abraçando, estudando, descobrindo, aprendendo, vivendo.

Foram 2 meses na África do Sul. Mais de 3 mil quilômetros de estrada, dezenas de praias, elefantes, rinocerontes, búfalos, onças, leões, zebras, vida selvagem. O vento também é selvagem, ele bate no rosto com o intuito de fazer com que você veja e perceba as maravilhas de lá. Te empurra pra vida! E com isso, você se emociona todos os dias.


Em Cape Town eu vi o melhor e mais bonito pôr do sol, inúmeras vezes. Do alto da Table Montain, depois de horas escalando a Lion's Head, caminhando pelo bairro ou simplesmente olhando pela janela do quarto.
O sol se põe no mar.
As estradas são limpas, floridas e é um pecado você ter que guiar olhando pra frente.
Percorri a Garden Route 2 vezes.




Fui a cassinos, pratiquei meu inglês com as melhores pessoas que pude conhecer da Alemanha, Itália, Suíça, Coréia do Sul, Rússia e Brasil.
Visitei lugares lindos.
Vi o encontro dos oceanos Índico e Atlântico, vi golfinho e foca na onda, cheguei pertinho dos pinguins. Mergulhei com os tubarões. Pude ver o que é medo e coragem de perto no maior bungy jump do mundo.



Vivenciei a história dos negros, dos mulçumanos, da África toda. Visitei museus e descobri mais histórias. É impressionante como você precisa viver isso tudo por inteiro. Sua cabeça está lá trabalhando a tradução, o pensamento, o idioma.
Seu corpo te ajuda com as palavras, com a mímica, com a dedução. Sua fala, seu modo de falar defini muitas outras coisas. Você precisa ouvir direito, e prestar atenção em tudo, para não perder nada. E precisa praticar o tato a toda hora, porque você quer pegar, tocar, ter e o principal, abraçar.
Definitivamente, não é só o idioma que você aprende. Aprendi e amei diferentes culturas, diferentes pessoas, diferentes comidas e diferentes sensações. Se alguém me perguntar o porquê da África, não terei palavras para descrever as sensações que tive, a alegria que senti e as emoções que vivi.
Sem dúvida foi a melhor aposta, com a melhor escolha.
Falando em escolha, a LAL foi uma ótima surpresa para mim. E só o STB faz essa escola. Amigos, bar, piscina e escola, tudo no mesmo lugar. Toda segunda feira tem churrasco para os novos alunos, passeios diários, entrosamento total.
Exagerei e vivi demais. Senti, vibrei e sofri quando voltei.
Agora minha viagem se transformou em lembranças e imagens.

Obrigada STB por ter me ajudado no sonho, embarcado comigo e feito parte dessa realização.
Foi demais poder contar com vocês!
Agora preciso decidir o próximo destino e, novamente, com a ajuda de vocês!

Beijos

Ná Bernal





9 comentários:

  1. Ai que legal prima!!:)
    Amei seu depoimento e suas fotinhos!!!
    Saudades!

    Bjão

    ResponderExcluir
  2. Ai que saudade que dá!

    Saudades de você, prima!
    Beijao, ja quero programar a próxima!

    ResponderExcluir
  3. Adorei o depoimento!!
    Muuiito lindas as fotos, que pôr do sol é esse heim?!

    :)

    Marília

    ResponderExcluir
  4. gente, o depoimento ta peeeeerfeito! dá muita vontade de conhecer tudo que ela fala.

    ResponderExcluir
  5. Tatá seu depoimento lindo me emociona, fico muito feliz por vc ter aproveitado cada momento, cada instante, não ter perdido tempo, pq tempo vale ouro, e por vc ter crescido mais, com certeza existe a Natália de antes e depois da Africa. Agora a vida começa a voltar ao normal e é hora de enfrentar leões, rinocerontes, tubarões pelo caminho a seguir, mas isto vc vai tirar de letra como se fossem pinguins na sua frente. Vc já é vencedora menina e vai longe e quero estar aqui para ver vc brilhar kd vez mais, se Deus quiser. Não desista nunca!!!!Amo-te!!! Beijocas, Titi!!!!

    ResponderExcluir
  6. Wellington Oliveira8 de fevereiro de 2011 16:58

    PER-FEI-TO! Nem vou dizer que quero demais ir AGORA pra lá. Valeu Natália por compartilhar conosco um pouquinho da África.

    ResponderExcluir
  7. QUero ir pra África por causa dela!
    auheuaheuahe
    Super me convenceu!

    ResponderExcluir
  8. Que descrição maravilhosa dessa experiência Ná!!!
    Provoca e Desperta uma imensa vontade de vivenciar tudo isso e muito mais!!!
    Tbm Já Quero IIIIIIrrrrrrrrrrrr!!!
    Perfeito! =D

    Aline

    ResponderExcluir
  9. Gente, precisaria inventar palavras para descrever as cores, sensações e amores que vi e vivi na África.
    Cada dia vale muito a pena, não hesitem em conhecer.
    Abram os braços, os olhos, o coração e a mente e se joguem!
    Sem preconceitos, sem pré-conceitos, puros!
    Já quero voltar!!!

    Beijão!
    Natalia

    ResponderExcluir